RPG

Publicado em agosto 31st, 2016 | por Rafa Almeida

Invisible Sun um jogo de fantasia surreal

Monte Cook é praticamente um guru do RPG moderno. Ele é autor de centenas de artigos, vários livros e suplementos relacionados aos Role Playing Games. Entre suas obras publicadas estão Arcana Evolved, além de ter participado ativamente de D&D 3ª edição que querendo ou não foi um marco inclusive na história de Dungeons & Dragons e moldou o que temos hoje na 5ª. Na GenCON 2016 (confira o que rolou de melhor no evento clicando aqui) que aconteceu no início de agosto em Indianápolis, foi anunciado oficialmente o financiamento coletivo de Invisible Sun, prometendo uma nova maneira de jogar RPG.

“Você vive sonhando com escapar, mas não sabe do que e nem para onde?”

41b5639a0d8a96495055109fc1e87af7_original

Um mundo repleto de detalhes sombrios

Essencialmente estamos falando de uma espécie de Matrix, no qual o mundo “real” é apenas sombra e nada do que vivemos é autêntico. Existem segredos além deste mundo que vemos e sentimos todos os dias. Um mundo no qual os sonhos são verdade e a magia pode moldar a realidade, onde o impossível simplesmente não existe. A ambientação é descrita como “Fantasia Surreal”, onde personagens incríveis e com poderes mágicos lutam para descobrir segredos do mundo real, chamado de Actuality.

Actuality é repleto de fantasmas, demônios, e várias outras criaturas estranhas. Mas também tem seres de luz, como anjos e os Elderbrins que são criaturas capazes de alterar sua forma o tempo inteiro como os Doppelganger de D&D.

Satyrine é a cidade principal e palco central das tramas que demônios e criaturas malignas da escuridão maquinam, negociando pedaços de almas para realizar suas magias negras e maldosas. Os jogadores serão os Vislae, magos ou feiticeiros poderosos, capazes de soltar magias que podem  interagir com o mundo e as criaturas, com o grande desafio de entender e descobrir esses segredos mágicos, com o objetivo de defender não apenas a realidade de Invisible Sun, mas a tênue linha que também sustenta o mundo das sombras. A luz do sol invisível é o que ilumina os segredos deste universo, inspirado em obras como Os Invísiveis de Grant Morrison.

Uma das principais características que o sistema propõe é que o jogo não impõe limite na criação de personagens (sim! Isso mesmo!). Uma das ideias centrais do sistema é que os jogadores passem mais tempo explorando como usar os segredos mágicos para alcançar seus objetivos, do que limitando ideias ou traçando margens em nosso incrível imaginativo.

O sistema também mudou (não vai ser utilizado o Cypher System, que era utilizado até então pela Monte Cook Games) e é uma das grandes sacadas, porque permite que apenas um jogador e o mestre consigam levar o jogo, evitando frustrações devido a dificuldade que existe no dias de hoje de se reunir amigos para jogar RPG.

Essencialmente, são mecânicas que permitem que um ou mais jogadores se encontrem com o mestre fisicamente ou não, podendo trabalhar em histórias paralelas, flashbacks ou até missões solo em complemento a campanha central. Isso adiciona uma riquíssima quantidade de detalhes aos personagens, pois cada um deles vai ficando mais profundo, completo, e isso privilegia a interpretação (nem preciso dizer o quanto isso agrada aos RPGistas Old School).

Invisible-Sun

Pacotão de coisas incríveis do financiamento!

Além dos dados tradicionais, o sistema vai utilizar um deck de cartas chamado Sooth Deck, que é basicamente um baralho de cartas de eventos que vão ser adicionados ao jogo, representando a volatilidade da magia. O que pode ser benéfico ou prejudicial aos jogadores, além de ter efeitos imediatos de curta ou longa duração, permitindo que além da criação da aventura, exista sempre um caos presente que é basicamente a dificuldade de moldar a magia e entender os segredos.

Acompanhando a tecnologia, Invisible Sun também terá um aplicativo para Smart Phone, a ideia é que esse app seja o melhor amigo do mestre com livros, resumos e versão atualizada das cartas, facilitando uma aventura rápida quando algum jogador conseguiu uma folga para jogar.

IS_header_01

A tempestade está chegando

Invisible Sun conta com 4 livros: The Key, The Gate, The Path e The Way. Além de toda ambientação, regras e informações necessárias para jogar, eles fornecem uma série de códigos, puzzles e mistérios. Até porque os “segredos” estão espalhados por todo o material do jogo, incluindo mídias físicas e virtuais. É como caçar Pokémon, mas ao invés disso caçamos segredos para manipular a magia.

Difícil não criar uma hype alta com um jogo desse nível. Um jogo que promete uma revolução na maneira de se jogar RPG. O financiamento coletivo no Kickstarter começou no dia 15 de agosto, já conseguiu bater a meta principal e diversos extras liberados, faltando ainda 16 dias pra finalizar. Você pode conferir todos os detalhes do projeto clicando aqui, o preço é um pouco salgado, 197 doletas e a previsão para entrega é novembro do ano que vem.

Curta nossa página no Facebook, e lembrem-se que estamos abertos a ideia, sugestões e pedidos. Fiquem bem e let’s play.

Tags: , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Voltar ao Topo ↑