Notícias

Publicado em agosto 26th, 2015 | por Francis Weslen

Myce and Miystics Tail Feathers – Rato que “avoa”?

Chega uma boa notícia para os fãs dos pequenos ratinhos de Mice and Mystics, jogo criado por Jerry Hawthorne e recentemente traduzido e distribuído pela Galápagos jogos aqui no Brasil.

Está em pré-venda no exterior a tão esperada continuação chamada Tail Feathers (algo como “penas da cauda”). Em que você vai embarcar em um combate aéreo contra novos inimigos e encontrar novos parceiros de batalha.

O jogo

Com a possibilidade de poder jogar sozinho ou com um grupo de amigos, você terá a oportunidade de expandir o universo que rodeia esse império e seus pequenos heróis.

Cenario

Novos personagens do jogo.

Segundo a Plaid Hat Games, o jogo tem foco em uma aventura aérea com Collin e seus amigos batalhando contra a supremacia de Vanestra na floresta de Downwood. Claro que temos novos integrantes para ambos os lados.

CardsMice

Novas cartas de personagens.

Além da mesma mecânica da primeira aventura, nessa versão foram acrescentadas novas histórias e movimentações por conta dos pássaros. Também é possível seguir a aventura em modo single player e multiplayer.

Como na versão original, esse board vai ter as já conhecidas lindas miniaturas, feitas pelas habilidosas mãos de Chad Hoverter, que já trabalhou no Mice and Mystics.

PartsMice

Algumas das novas peças.

PartsMice 2

Marcadores do jogo.

Compatibilidade

Se você já possui a primeira aventura, Tristeza e Lembrança, não fique triste. Tail Feathers foi projetado com cartas especiais e total compatibilidade com o primeiro jogo, podendo utilizar seus personagens e itens, para no caso de você estar seguindo uma campanha e não precisar encerrar e começar tudo do zero.

Se você não tem o primeiro game, não se preocupe, Tail Feathers pode ser jogado independentemente.

Lançamento

Infelizmente, por enquanto a edição só vai sair lá fora, pela bagatela de US 54,95 e tem prazo de lançamento para o final do ano. Como no Brasil o Dólar está decolando rapidamente, isso deixa muitos fãs dos ratinhos tristes. Mas torcemos para que o dólar tenha uma baixa e a Galápagos lance o mais breve possível a edição nacional.

Fonte

Tags: , , , , , ,


Sobre o Autor

Designer, viciado em games digitais, quadrinhos e financiamentos coletivos.



Voltar ao Topo ↑