RPG

Publicado em maio 25th, 2017 | por Rafa Almeida

Numenera: conheça o Nono Mundo

Hoje vamos falar de Numenera. Para quem não conhece, é um lançamento da Monte Cook Games que teve um sucesso absurdo no Kickstarter. Ele foi lançado aqui no Brasil pela New Order Editora.

A proposta inicial do jogo, é a de que cada jogador decide quanto de esforço gasta por seu personagem em cada ação. Essa inclusive é uma das mecânicas mais básicas do sistema. Outro ponto é priorizar a narrativa, já que simplifica a maneira de mestrar e jogar.

A ambientação, funde dois elementos que os jogadores costumam curtir muito, fantasia e ficção científica. O jogo foi inspirado em uma frase conhecida de Sir Arthur C. Clark: “qualquer tecnologia suficientemente avançada, é indistinguível de magia”.

Corre que a parada ficou séria

O mundo de Numenera

Daqui a um bilhão de anos, a terra será muito diferente. Já se passaram oito mundos antes desse, onde o jogo se passa. Cada um deles durou vários milênios, todos tiveram seu ápice e entraram em decadência. Cada um desses mundos, desvendou segredos, respondeu perguntas existenciais e analisou muitos mistérios.

O jogo se passa no NONO MUNDO, que vive sobre o que sobrou dos mundos passados. A Terra foi totalmente modificada, existem sombra do que aconteceu, principalmente com os últimos quatro mundos. Existem máquinas enterradas no subsolo esperando para serem descobertas e tecnologias desconhecidas. Tudo isso pode ser recuperado e transformado em vantagens para algumas nações, além de existir nano-espíritos vagando sob a Terra.

Os habitantes do Nono Mundo

Não existem apenas humanos no Nono Mundo. Muitos acham que são humanos, mas na verdade têm modificações que os tornam alienígenas. Existem alienígenas povoando a Terra, vindos de outros planetas e outras dimensões. Algumas criaturas criadas e manipuladas geneticamente conseguiram se reproduzir e também habitam a Terra do Nono Mundo.

Um belo cenário

Não existem mais vários continentes como conhecemos. Existe apenas um único grande continente, semelhante a pangeia que tivemos antes da evolução do planeta Terra. No litoral, a Noroeste estão os reinos civilizados, chamados de Steadfast. Eles possuem um nível cultural, político e econômico semelhante à época medieval. Além disso está o Beyond, que são terras enormes, vastas e desconhecidas. Há muito ainda a ser descoberto nesses dois horizontes. Mesmo Steadfast tem tecnologias enterradas e perdidas. Em Beyond existem criaturas fantásticas nunca vistas antes.

O sistema de Numenera

O sistema é chamado de Cypher System. Ele gira em torno de uma dificuldade que vai de 1 até 10. Em cada nível de dificuldade, existe um número alvo a ser atingido. Ele é 3x a dificuldade a ser comparada com o resultado no D20. Exemplo, uma dificuldade de nível 4, o jogador precisa de um resultado no mínimo 12 no D20 para conseguir um sucesso. A dificuldade mínima é 3 e a máxima é 30. Essa dificuldade mede o quão é difícil realizar determinada ação, utilizar equipamentos, escapar de ataques inimigos, investigar, entre outras.

As habilidades, talentos e equipamento dos personagens são utilizados para diminuir a dificuldade de um teste. Os jogadores podem fazer isso gastando Efforts. É possível fazer isso usando as pilhas de Might, Speed ou Intelect, que dependem da natureza da ação. Por exemplo, ao enfrentar um adversário de nível 5, por exemplo, essa dificuldade pode ser reduzida pela habilidade, equipamentos e Effort e chegar a 2. Sendo necessário rolar 6 ou mais no d20 ou invés dos 15 ou mais originais.

Ao tirar 19 ou 20 no dado, coisas especiais podem acontecer, assim como tirar 1. Essa simplicidade acaba por favorecer a narrativa das ações. Outro ponto interessante é que apenas os jogadores rolam dados. O mestre fica livre para se preocupar com a narrativa, condução da história e fluidez da aventura.

A criação de personagem

A criação de personagem é bem interessante. Os jogadores devem escolher um Descriptor, um Type e um Focus. Além disso, é preciso escolher uma frase que defina o personagem. Essa frase é curta e bem objetiva, como: “Eu sou bonito, nano e controlo a gravidade”. Ou seja, as frases usam o Descriptor, o Type (classes do jogo – Nano, Glaive e Jack) e o Focus (Poder especial do personagem).

Alguns dos personagens

Nano é o personagem com habilidades sobrenaturais, comparados a magos, bruxos e feiticeiros. Glaive são personagens que têm habilidades especiais em combate. Já Jack são personagens peritos e versáteis como bardos ou ladinos. Já os poderes que são o Type podem variar enormemente. Controle de gravidade, força sobrenatural, criar ilusões, habilidade de usar duas armas em combate, entre tantas outras.

O mais importante

O mais importante do sistema e do jogo, que dá nome ao sistema, são os CyphersCyphers, assim como os Artifacts, são equipamentos criados a partir dos restos de tecnologia das outras eras. Eles são usados para diversos objetivos que raramente eram os pensados originalmente. Cada Cypher pode ser usado apenas uma vez. Ele vai dar ao personagem uma variedade ilimitada de poderes e habilidades de uso único, ou múltiplos, no caso de Artifacts. Estes podem ser encontrados e montados frequentemente com a quantidade enorme de resquícios do passado. São encontrados a cada passo no Nono Mundo.

Assim, seu personagem hoje pode ter poderes de cura, de voo, um projetor de raios e amanhã serão outros totalmente diferentes. Ao invés de causar um desequilíbrio ou confusão durante o jogo, isso torna cada sessão de jogo inesperada e divertida. Como não costuma se ver em muitos RPG’s.

Considerações

Eu joguei menos do que eu gostaria Numenera. O sistema ajuda muito a fluidez da narrativa. Depois que acostumamos, a coisa voa na mesa de jogo. A ambientação ajuda muito na imersão. Afinal de contas, tem muito mistério, muitas coisas novas e velhas que se tornam novas achadas de outros mundos. O cenário é fantástico. Essas descobertas fazem das sessões algo muito único. É possível explorar muito o jogo. Além do mais, o livro é lindíssimo e as ilustrações são perfeitas! Recomendadíssimo.

Espero que tenham curtido. Eu não usei as traduções da New Order, pois não tive acesso ao jogo em português ainda.

Curtam e compartilhem nossa página no Facebook, se inscrevam em nosso canal do Youtube e outras redes sociais. Assim fica mais fácil ver todos os lançamentos e novidades que pintam no Tábula Quadrada.

Um sucesso decisivo a todos e um bom jogo!

Tags: , , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Voltar ao Topo ↑