Notícias Desenvolvimento infantil

Publicado em outubro 10th, 2018 | por Gilberto Guerra

0

Opinião BG: Desenvolvimento infantil com board games

Segundo o Censo Ludopedia 2017, 1 em 4 usuários do fórum possui filhos. 51% são casados, ou seja, potenciais futuros pais, e ainda 4% tem de 5 a 18 anos. Não há informações sobre a quantidade de usuários que possuem crianças entre seus familiares e amigos próximos. Entretanto, considerando que 70% dos usuários possuem 26 anos ou mais, pode-se estimar que seja alta.

A vida adulta, e dos pais em especial, possui muitas responsabilidades e afazeres. É preciso separar um momento do dia, para fazer atividades com a criança. É algo muito importante e indispensável para seu desenvolvimento saudável. O presente texto visa demonstrar que os jogos de tabuleiro são uma ótima opção para passar esse momento.

Desenvolvimento infantil

“Crianças se empolgam com facilidade”

Desenvolvimento infantil com board games

Como entusiastas do hobby, nós vamos querer apresentar e presentear crianças com jogos. Elas estão na principal fase lúdica da vida. Cultivar o interesse pelo hobby é fácil e gratificante, desde que feito de forma correta e respeitando o desenvolvimento da criança. Além de divertido, os jogos de tabuleiros contribuem com as habilidades que ela precisará na vida adulta. Raciocínio lógico, atenção, memorização, linguagem, coordenação motora, abstração, adaptabilidade social e resolução de problemas, entre outros.

Afinal, quando é possível apresentar um jogo a uma criança? Quais jogos são indicados para as diferentes faixas etárias? Quais cuidados deve-se tomar para a experiência ocorrer bem?

As dicas a seguir foram elaboradas com base na teoria do desenvolvimento cognitivo de Piaget e se aprofunda ao texto já publicado aqui, focando nas idades iniciais da vida. Observa-se que tal teoria não é uma ciência exata, podendo haver atrasos ou adiantamentos de fase. É importante conhecer a individualidade da criança.

Etapa Sensório Motor: até 2 anos

É a etapa que a criança começa a conhecer o mundo a sua volta. Ela só tem noção da existência do objeto quando o mesmo está ao alcance de sua vista. Desenvolve -se as habilidades motoras e o conhecimento de causa e efeito básico. Todo o conhecimento adquirido aqui serve de base para o seu segundo período de aprendizagem.

Nessa fase é interessante apresentar alguns elementos dos jogos durante as brincadeiras e quando menos perceber, o bebê está pronto. Mostrar peças de jogos mais resistentes, como Xadrez, ensinar os nomes, assim como suas posições no tabuleiro (por imitação). Sabe aquele jogo seu barato (sem peças pequenas) que está encostado desde que descobriu os jogos modernos? Pode ser uma boa oportunidade de usá-los em brincadeiras.

Nessa fase a criança não consegue manter seu foco de atenção durante muito tempo. Normal no meio da brincadeira começar a empilhar os peões e bispos. Também não consegue aprender regras de jogos. A diversão para o bebê está em aprender coisas novas e usá-las em suas brincadeiras favoritas.

Desenvolvimento infantil

Nunca é cedo demais para um War Game competitivo! Ou é?

Etapa Pré-Operatória: 2 a 7 anos

Nessa idade, a criança já é capaz de apresentar pensamento simbólico, se comunicando cada vez melhor. Nas idades iniciais, aprender regras simples é um grande desafio, mas possível. Jogos que estimulam a capacidade motora, como Animal Upon Animal já são aplicáveis. Jogos que estimulam a memória e capacidade de combinações, como Dominó, podem ter boa aceitação.

Nessa etapa a criança também irá demonstrar interesse nos jogos que você joga com seus amigos. Alguns jogos modernos, mesmo euros, possibilitam uma simplificação regras suficientes para se jogar com a criança. Em Horse Fever, por exemplo, é possível rolar os dados de sprint, a criança identificar a cor e andar com o cavalo correspondente. Apenas isso já a faz se sentir incluída em seu hobby e se divertir. Com o passar do tempo (anos) podem ser incluídos novos elementos do jogo, até jogá-lo na plenitude de regras. A criança aprende por imitação.

Desenvolvimento infantil

“Role os dados e ande com o cavalinho da cor: uma  simplificação fácil de fazer”

Etapa das Operações Concretas: 7 a 12 anos

Nessa etapa a criança começa a aplicar princípios de lógica. A racionalidade começa a prevalecer acima da intuição, mas não é capaz de realizar abstrações (raciocínio de causa e efeito).  Já entende melhor o conceito de grupo.

Jogos como King of Tokyo, Tesouro Inca e Kingdomino já podem ser implementados com sucesso. Os diversos jogos de destreza e de forçar a sorte ainda tem diversão garantida na mesa. Na idade final da etapa, Dixit já pode ser aplicado para desenvolver a criatividade e imaginação. É uma faixa etária com muitos jogos disponíveis no mercado. Vale a pena pesquisar qual opção tem mais chances de agradar.

Desenvolvimento infantil

Os inofensivos jogos de destreza são os mais indicados durante a infância

Etapa das Operações Formais: a partir dos 12 anos

É o momento em que a criança consegue administrar o pensamento abstrato e gerar hipóteses. Já é capaz de formular uma linha de ação para fazer as coisas. Começa a desenvolver noções de causa e efeito. A imaginação da criança está do auge, tendo diversão em imaginar histórias. Ou seja, já tem todas as características de um jogador desenvolvidas ou com potencial de desenvolvimento.

Nessa fase já é possível uma criança jogar Xadrez no mesmo nível que um adulto e até superá-lo. Se a criança passou as fases de introdução mencionadas anteriormente, pode ser apresentada a jogos modernos de média complexidade. Recomenda-se iniciar com cooperativos com tema agradável, como Mice & Mystics. No início abstenha-se dos detalhes das regras, focando na mecânica inicial.

É a fase que engloba a faixa etária de todos os jogos modernos. Entretanto, atenha-se ao perfil da criança/ adolescente. Não é porque Lisboa está indicado para +12 que será sucesso com seu sobrinho inquieto e ansioso.

Deve-se levar em consideração que nessa faixa etária o adolescente já possui um círculo estável de amizades. Um jogo que agrade também ao grupo de amigos dele ou dela é essencial.

Desenvolvimento infantil

“Stranger Things: um apelo nostálgico a criança dentro de nós.”

Regras básicas para para aproveitamento dos board games no desenvolvimento infantil

Toda criança precisa de disciplina, e a hora da brincadeira não é diferente. Para garantir um melhor aproveitamento no desenvolvimento infantil, é necessário seguir algumas regras básicas:

1- Defina uma rotina de dia e horário para os jogos. Crianças precisam de rotinas estabelecidas para não comprometerem suas atividades diárias.

2- Defina regras de boa convivência nos jogos, sem birra, sem gritos, respeito e guardar o jogo no final.

3- Ajude o pequeno a trabalhar em equipe, lidar com a derrota e com a competitividade. Não trapacear nos jogos se aprende na etapa inicial.

4- Dê ênfase à diversão. No começo o pequeno vai precisar de sua ajuda para realizar jogadas. Guarde a competitividade para com os jogadores do seu grupo de jogatina.

Desenvolvimento infantil

“Parece que uma certa família não seguiu as dicas recomendadas do texto”

Gostaram do texto? Gostariam de contribuir com mais informações? Possui sugestões de jogos que foram sucesso com a criançada? Deixe sugestões nos comentários e até a próxima!

Tags: , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo ↑