Reviews

Publicado em Abril 10th, 2017 | por Renato J. Lopes

Review – Dwar7s Outono: 7 anõezinhos foram passear

Review – Dwar7s Outono: 7 anõezinhos foram passear Renato J. Lopes
Complexidade das regras
Componentes
Arte
Estratégia
Envolvimento
Rejogabilidade

Summary:

4.6


User Rating: 0 (0 votes)

Conquiste gemas, faça trocas e mate monstros. Quer vida melhor que essa para um anão? Pois em Dwar7s Outono (Dwar7s Fall) é isso que você vai fazer. Um jogo divertido para toda a família com muita estratégia e take that.

Ficha Tecnica Dwar7s Fall

Componentes

Uma caixinha pequena, mas com componentes de ótima qualidade. Primeiro projeto que conheço da Vesuvius Media, mas já achei show. Miniaturas dos anões são bonitas e atrativas, cartas com ótima qualidade.

O que vem na caixa: 36 cartas de reinado, 10 objetivos de troca, 7 objetivos secretos, 34 gemas, 13 ogros e 7 anões de cada cor. Confira nosso unboxing para ver em detalhes o que vem na caixa clicando aqui.

_FRA7939

Um jogo no mínimo muito bonito

O jogo

Em Dwar7s Outono, cada jogador controla uma trupe de 7 anões que busca coletar gemas e trocá-las por comida. O inverno está chegando e você vai precisar construir o seu reino e guardar alimento para o tempo difícil que há de vir.

No seu turno poderá fazer 3 ações com o objetivo de construir o seu reino, minerar gemas para depois trocá-las por comida, derrotar monstros antes que acordem e conquistar objetivos secretos. Quando um jogador conquistar 3 objetivos (secretos ou abertos), o jogo se encerra. O vencedor será aquele que conquistar mais pontos de vitória.

_FRA7947

_FRA7949

_FRA7950

_FRA7951

As cartas de gemas, objetivo secreto, troca e ogro

Preparação do jogo

Cada jogador escolhe uma cor e pega as cartas de reino e meeples correspondentes. São embaralhados os objetivos secretos e cada jogador recebe um, que ficará escondido na mesa.

Divida as cartas por tipos sobre a mesa: gemas (cada uma com sua cor), ogro e trocas, sendo que as duas últimas precisam ser embaralhadas. A mesa precisará de um espaço central para que os jogadores coloquem suas cartas de reinado. Abra 3 cartas de troca ao lado da pilha de trocas. O jogador mais novo começa, depois a rodada continua em sentido horário.

_FRA7943

Tudo pronto para construir os reinos

O turno do jogador

O turno do jogador acontece em 3 momentos: Tarefas, Resolução e Descarte.

  1. Tarefas: cada jogador pode realizar 3 ações (ou 4 caso esteja com o seu castelo em jogo), sendo que as ações possíveis são: construir uma carta de reinado, alocar um anão e mover um anão. Você pode realizar qualquer combinação dessas ações, respeitando o limite do número de ações permitido.

Construir uma carta de reinado: você pode colocar uma carta de reinado adjacente a outra qualquer ou colocar sobre uma do mesmo tipo (símbolo de escudo no canto superior esquerdo) em qualquer direção. Não podem ser colocadas cartas sobre as que tiverem meeples, nem em qualquer momento as de monstros e de castelos.

Alocar um anão: coloque um anão da sua pilha em um dos espaços vazios das cartas de reinado. Lembre que o seu anão só voltará para a sua pilha depois de executar a ação de uma carta e para isso, é preciso a quantidade indicada para ativar a ação na próxima fase.

Mover um anão: mova um anão de uma carta para outra. É preciso ter um espaço vago na carta. Anões não atravessam muros.

Carta de ogro: funciona como uma ação livre. Você usa a carta em qualquer momento do seu turno, faz a ação e descarta a carta.

  1. Resolução: realize as ações completadas com a presença dos anões. Remova os que foram utilizados para realizar a requerida ação. Isso pode ser pegar uma gema, derrotar um monstro, fazer uma troca, ou pegar uma carta de ogro.
_FRA7944

O vermelho vai pegar uma gema e o verde quer matar o dragão

  1. Descarte: se nessa fase você tiver mais que 9 cartas na mão, será preciso descartar cartas de gemas e ogro até que fique com apenas 9 cartas.

As cartas de reinado

São elas que vão formar o seu reino e ao serem colocadas em jogo, podem ser utilizadas por qualquer jogador. O seu reino será o espaço ao redor do seu castelo, cercado por muros. Você irá pontuar cada carta de seu reino. Os pontos estão indicados dentro da estrela no canto superior direito. Note, que é possível que dois ou mais reinos possam compartilhar as mesmas cartas. Nesse caso, todos os jogadores pontuam as cartas. Para ativar uma carta, é preciso colocar a quantidade de anões indicada no canto inferior direito.

_FRA7945

O jogo está em andamento

Castelo: permite ao jogador da mesma cor realizar uma quarta ação. Ao ativá-lo, é possível escavar (tirar a carta do topo e colocá-la na base sem mudar a direção). Não é permitido cavar em reinos que possuam monstros, ou em cartas que possuam anões.

Minas: ative-as e pegue cartas na quantidade indicada de um certo tipo de gema.

Monstros: o dragão impede que as minas daquele reino produzam e o gigante de gelo retira a quarta ação dada pelo castelo. Para derrotá-los é preciso colocar cinco anões da mesma  cor. Monstros derrotados dão 3 pontos de vitória cada.

Taverna: nele você retira uma carta de ogro.

Armazém: você vai lá para realizar uma troca, descartando a quantidade de gemas indicada, pegando a carta de troca para si. Em seguida, abra uma nova carta de troca.

_FRA7940

As cartas de reinado de um jogador e seus anões

Final de jogo e pontuação

Após um jogador completar o terceiro objetivo (secreto ou de trocas), é dado o gatilho para o final do jogo. Cada um dos jogadores que ainda não jogaram nessa rodada, podem ainda realizar o seu turno.

Depois disso, somam-se os pontos de cada jogador. Primeiro os objetivos secretos completos e trocas, depois monstros derrotados, as cartas do reino e por último as gemas que ainda restarem na mão. Quem conseguir a maior quantidade, é o vencedor.

_FRA7946

Quando um jogador completa o terceiro objetivo, termina-se a rodada e em seguida é feita a pontuação final

Considerações

É o tipo de jogo que me chamou a atenção desde o seu financiamento coletivo. Bonito, com jeito de ser simples e ao mesmo tempo muito estratégico. Ao abrir os componentes, ver as caixas, itens do Kickstarter, me deu uma vontade de ter umas dez cópias só para guardar! Hahaha.

O jogo em si, lembra ao mesmo tempo muita coisa, mas ao mesmo tempo, é único. A parte de movimento lembrou um pouco Bullfrogs. A colocação de peças, Alhambra. O take that deu aquele saborzinho dos melhores jogos do tipo. O bacana é que ele tem tudo isso e ao mesmo tempo consegue ser bem family game, ou seja, poucas regras e muita diversão.

Se pudesse indicar algo que não me agradou muito no jogo, seria a falta de uma carta guia para cada jogador, com as ações possíveis, mas nada que atrapalhe o jogo. Também está disponível no BGG uma tabelinha para quem quiser.

A rejogabilidade e a curva de aprendizagem nesse jogo são muito altas. Você vai terminar cada partida pensando em como poderia ser diferente e em como mudar a situação em outras oportunidades.

Uma dica preciosa é a pontuação do reino. Ela faz muita diferença no final do jogo e pode definir o vencedor. Então tenha cuidado com isso durante as rodadas finais para não terminar o jogo com um reino com poucos pontos. Muito cuidado ao acelerar o final da partida, já que você pode ser a pessoa a dar o gatilho, mas pode ser que não tenha mais pontos que os outros jogadores.

O que gostei em Dwar7s Outono

  • Poucas regras;
  • Partidas rápidas;
  • Arte belíssima;
  • Componentes de qualidade;
  • Altamente estratégico.

O que não gostei em Dwar7s Outono

  • Falta de um guia de ações para cada jogador.

Indicado para

Fãs de jogos rápidos e estratégicos, que gostem de jogos de take that e colocação de peças.

Quer ver na prática como se joga Dwar7s Fall? Clique aqui para conferir nosso gameplay e aqui nossas considerações.

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor

Publicitário, viciado em jogos de miniaturas, sonha em trocar todos os seus bens por personagens raros de Zombicide.



Voltar ao Topo ↑