Reviews

Publicado em dezembro 11th, 2017 | por Mr. D

Review – Jamaica: correr, roubar e vencer!

Review – Jamaica: correr, roubar e vencer! Mr. D
Compreensão das Regras
Componentes
Arte
Estratégia
Envolvimento
Rejogabilidade

Summary:

3.9


User Rating: 0 (0 votes)

Comemore o fim da era dos piratas. Como? Com uma corrida com os piratas mais lendários em seus navios em volta da ilha de Jamaica. E já que estamos aqui, porque não roubar os “amiguinhos” no caminho? Afinal, somos piratas!

Componentes

Os componentes desse jogo são fantásticos! Os tokens de cardboard tem uma gramatura ótima e um tamanho muito bom. A arte do jogo é fantástica num nível inacreditável. Os ícones se incorporam bem ao mapa de modo que são visíveis e ao mesmo tempo não contrastam com o tabuleiro. As cartas formam uma arte continua e seus ícones tem tudo a ver com a arte da carta. Enfim, é sensacional!

O que vem na caixa: 01 tabuleiro, 66 cartas de ação (11 para cada personagem/jogador), 12 cartas de tesouro, 80 moedas de ouro, 45 tokens de alimento, 45 tokens de pólvora, 6 navios de plástico, 9 tokens de tesouro, 6 manuais de regras (um em cada idioma), 3 dados, 1 token de primeiro jogador (compasso).

Componentes lindos de Jamaica

O jogo

Jamaica é um jogo de corrida feita através de ações programadas. Você precisa coletar itens, pegar tesouros e lutar com os outros piratas durante o trajeto. O jogo acaba quando alguém vencer a corrida, mas nem sempre quem vence a corrida vence o jogo, pois o ouro e tesouros são muito importantes.

Preparação do jogo

Posicione os navios em Port Royal. Cada jogador pega as cartas de ação de sua cor e saca três. Cada um coloca em seu tabuleiro individual 3 comidas em um espaço e 3 moedas em outro. O primeiro jogador será o capitão e recebe a bússola. No mapa, coloque as cartas de tesouro no respectivo lugar, o dado de combate e os tokens de tesouro nos lugares indicados.

Setup preparado para um jogo de 3 jogadores!

As rodadas

O capitão rola os dois dados e decide, baseado nas 3 cartas que ele tem na mão, qual dado ele posicionará no dia e na noite. De acordo com o posicionamento do capitão, os outros jogadores também escolhem uma de suas 3 cartas. Todos revelam suas cartas ao mesmo tempo, mas cada um resolve suas ações começando pelo capitão e seguindo em sentido horário. Depois que todos resolverem suas ações, todos sacam uma nova carta e a bússola para o jogador à esquerda do capitão, tornando-se este, o novo capitão.

As ações

Na carta dos jogadores sempre tem um ícone à esquerda e outro à direita. O ícone da esquerda é para a ação do dia e o da direita, da ação da noite. O número dos dados afetam a efetividade das ações.

  • Comida: pegue a quantidade de comida igual ao respectivo dado e coloque em um espaço vazio do seu tabuleiro.
  • Pólvora: pegue a quantidade de pólvora igual ao respectivo dado e coloque em um espaço vazio do seu tabuleiro.
  • Ouro: pegue a quantidade de moedas de ouro igual ao respectivo dado e coloque em um espaço vazio do seu tabuleiro.
  • Seta verde para a direita: movimente seu navio pra frente igual ao respectivo dado e pague o custo do movimento.
  • Seta vermelha pra esquerda: movimente seu navio pra trás igual ao respectivo dado e pague o custo do movimento.

Note que ao usar a ação de carregar comida, ouro ou pólvora, o jogador deve colocar todo o carregamento em um espaço vazio. Caso não haja um, ele deve jogar fora toda a carga de algum espaço que tenha itens diferentes do que está sendo carregado.

Use as cartas para programar o seu destino da melhor forma possível!

Movimento

Quando um navio se movimenta, o jogador deve pagar o preço do local onde ele termina o movimento.

Se for um mar, paga-se o número de comida igual ao número de quadrados brancos no local.

Se for um porto, paga-se o número de moedas igual ao número escrito no círculo dourado do porto.

Se for um covil pirata, não paga nada e ainda pode pegar um tesouro, se o token ainda não foi reivindicado por outro pirata primeiro.

Caso não consiga pagar pelo local no final do movimento, o jogador paga tudo o que puder do respectivo local e depois movimenta seu navio para trás até chegar a um lugar onde possa pagar o preço completo. Por exemplo: se o local pede quatro comidas e o jogador só tem 3, ele paga as 3 e volta com seu navio até um porto onde ele consegue pagar todas as 3 moedas necessárias.

Se o movimento terminar num local onde tenha algum outro navio, acontece um combate.

Preste atenção pra onde seu movimento te levará e veja se pode arcar com os custos, pois a tripulação precisa ser alimentada no mar e os taxas precisam ser pagas nos portos!

 

Combate

O pirata que chega a um local onde já tenha um ou mais navios é considerado o atacante. Caso tenha mais navios no local, o atacante escolhe qual navio deseja atacar.

O pirata atacante escolhe quanta pólvora quer gastar e rola o dado de combate. O resultado do ataque é a soma do dado com a quantidade de pólvora. Se rolar um crítico, ele vence o combate imediatamente.

O pirata defensor faz a mesma coisa: escolhe quanta pólvora quer gastar e rola o dado de combate. O resultado do ataque é a soma do dado com a quantidade de pólvora. Se rolar um crítico, ele vence o combate imediatamente.

Vai rolar uma treta entre os piratas!

O vencedor do combate pode fazer uma dessas 3 coisas:

  1. Roubar um espaço de carga do adversário: o vencedor escolhe um dos espaços de carga do tabuleiro adversário, toma todo o seu conteúdo e coloca em um espaço de carga vazio seu.
  2. Roubar um tesouro: o vencedor pode roubar um tesouro, tanto dos que ficam fechados quantos dos tesouros especiais que estão revelados.
  3. Entregar um tesouro amaldiçoado – o vencedor pode optar por presentear o derrotado com um tesouro amaldiçoado. Essa é a única forma de se livrar de um tesouro negativo.

O vencedor pode escolher o saque!

Tesouros

As cartas de tesouro podem ser conquistadas de duas formas: chegando primeiro a um covil pirata ou com o resultado de um combate. Existem 3 tipos de tesouro: os bons, os amaldiçoados e os especiais. Os bons são dourados e somam pontos de vitória no final do jogo. Os amaldiçoados são verdes e subtraem pontos no final do jogo. E os especiais são os seguintes:

  1. Morgan’s Map: o jogador pode ter 4 cartas de ação na mão ao invés de 3.
  2. Saran’s Sabre: o jogador pode rerrolar o dado de combate uma vez. Pode ser tanto na vez do próprio jogador, quanto na vez do adversário. Mas lembre que é apenas uma vez por combate, ou seja, ou na sua vez ou na vez do adversário. Note que não dá pra adicionar ou retirar pólvora na rerrolagem. A mesma deve ser feita logo após a primeira rolagem.
  3. Lady Beth: adiciona 2 ao dado de combate.
  4. 6º Espaço de carga: adiciona um sexto espaço de carga ao tabuleiro do jogador. Note que se ele for roubado no resultado de um combate, se houver carga nele, ela é roubada também.

Cuide bem dos seus tesouros, pois outros piratas gananciosos estão de olho neles! (E tire o olho do meu tesouro! Haha)

Fim de Jogo

Quando um jogador chegar a Port Royal, os outros jogadores terminam o turno e o jogo termina.

Cada jogador vê o valor do local onde parou e soma seu ouro e seus tesouros a esse valor.

Quem tiver mais pontos vence.

Apesar da Mary Read ter chegado em Port Royal, foi o Barba Negra quem ganhou o jogo!

Considerações finais

Jamaica é um jogo com uma arte fantástica e que também é muito divertido. Como é um jogo de ações programadas, quanto mais gente, mais caótico fica e não reclame, pois estamos falando de uma corrida de navios piratas! Tem que ser caótico, caramba!

Mas não se assuste, a cada rodada você pode usar suas estratégias para chegar o mais longe possível, evitar combates ou atacar o pirata que estiver dando mole. O que quero dizer é que o jogo não é aleatório. Suas escolhas fazem a diferença no jogo.

Meus amigos amam esse jogo e é muito divertido de jogar. Não dá pra sentir muita AP, pois basicamente todos escolhem as ações ao mesmo tempo, então o jogo tende a fluir bem independente do número de jogadores.

Meu problema é o dado de combate. Ele me detesta e estraga minha corrida, mas isso é pessoal comigo, pois, como eu já disse, meus amigos amam. Só quem tira número ruim no combate sou eu! E é tão pessoal que em outros jogos que usam dados, eu não tenho problemas!

O manual/mapa gigante bizarro!

Outro problema, que talvez não seja tão problemático assim, é o manual. Você vai precisar ler algumas vezes e volta e meia, rolam umas dúvidas. As primeiras partidas nós jogamos errado, tinham entendido que todos faziam as ações da manhã e depois as ações da noite. Pelo que pude ver nos fóruns, isso aconteceu bastante e, tematicamente falando, faz muito sentido. Porém, o que mais me irrita no manual é que ele é tem um formato de um mapa de tesouro gigante. Apesar disso ser lindo e temático, é uma m*** para consultar as regras.

Enfim, Jamaica é um jogo fantástico como um todo!

O que gostei em Jamaica:

  • Não é difícil de explicar;
  • Arte incrivelmente bonita;
  • Divertido;
  • Bom tempo de duração;
  • Bob Marley;
  • Usain Bolt.

O que não gostei em Jamaica:

  • O formato do manual é horrível para consultas;
  • O fator sorte pode acabar estragando o seu jogo! (odeio aquele dado!).

Indicado para

Fãs de jogos com muita interação e jogos para família. Recomendado para pessoas que queiram se divertir sem se preocupar com a sorte.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Voltar ao Topo ↑