Reviews Teotihuacan

Publicado em julho 18th, 2019 | por Renato J. Lopes

Teotihuacan: City Of Gods, ou Tchutchucão da Massa

Teotihuacan: City Of Gods, ou Tchutchucão da Massa Renato J. Lopes
Compreensão das Regras
Componentes
Arte
Estratégia
Envolvimento
Rejogabilidade

Summary:

4.6


User Rating: 0 (0 votes)

Sou um grande fã da escola italiana de board games. Jogos como Lorenzo Il Magnifico, As Aventuras de Marco Polo, Coimbra, Newton e tantos outros figuram entre os meus preferidos e de muita gente. Mas, será que acertaram com Teotihuacan: City Of Gods?

O jogo foi sensação em Essen no ano passado e foi muito elogiado por aqui. Em Teotihuacan: City Of Gods, controlamos trabalhadores na busca pela construção da grande pirâmide do Sol. Eles vão passar por diversos lugares do tabuleiro, pegando recursos, construindo casas, levantando o templo, enfeitando-o e adquirindo glória no período pré-colombiano.

Teotihuacan

Teotihuacan acontece em 3 períodos, que se encerra sempre que acontece um eclipse. O eclipse acontece quando o marcador branco se encontra com o preto, no espaço indicado do tabuleiro. Durante os eclipses, acontece uma pontuação, além da pontuação final depois do último eclipse.

A duração de rodadas pode variar, pois, além de cada rodada, existe uma outra ação que faz o marcador branco ir em direção ao preto. Sempre que um trabalhador se eleva. O jogo também pode se encerrar se acontecer a construção completa do tempo. Nesse caso, acontece uma última pontuação de eclipse antes do final. Quem terminar o jogo com mais pontos, ganha.

O tabuleiro vem com uma configuração inicial para jogar as primeiras partidas. Mas, ele já vem com peças para partidas com muita variedade. Existem 8 espaços de ação no tabuleiro, sendo que o 1 e 8 nunca mudam. Todos os outros, podem ser sorteados e diferentes a cada jogo.

Início do jogo

O tabuleiro é colocado no centro da mesa, e os espaços de 2 a 7 são cobertos pelos tiles dos espaços. Caso seja uma partida inicial, utilize os impressos no tabuleiro. Prepare as peças indicadas no tabuleiro, de acordo com o manual. 

Defina o primeiro jogador, que recebe o marcador número 1 e 1 cacau. Cada outro jogador recebe os marcadores seguintes, na sequência numérica. O último recebe 3 cacaus e os outros jogadores, 2 cacaus.

Por último, cada jogador recebe as peças de uma cor e 4 peças de setup inicial. Dessas 4, eles escolhem 2 e recebem os recursos indicados. Nessas peças também estão indicados locais onde os jogadores colocarão seus dados, com o número 1. Essa é a potência inicial dos trabalhadores. Eles colocam também um com o número 3, no lugar indicado no tabuleiro, ao lado do contador de eclipse.

Também são colocados marcadores nos espaços iniciais das trilha de construção (abaixo do templo), de cada um dos 3 templos, na trilha dos mortos e na trilha de pontos. Algumas peças iniciais podem indicar avanço em algumas das trilhas. Se for nos templos, receba os recursos indicados.

Agora tudo está pronto para começar.

As rodadas

A partir do primeiro jogador, cada jogador toma uma das duas opções: executar um turno normal ou desbloquear sem custos todos os seus trabalhadores bloqueados.

Ao executar um turno normal, o jogador move um dos seus trabalhadores desbloqueados em até 3 espaços, em sentido horário e realiza uma ação.

Existem 3 ações possíveis: coletar cacau, adorar os Deuses ou executar uma ação principal.

Coletar cacau

Um jogador coleta cacau ao parar em qualquer espaço do tabuleiro, o número de cores de dados que estão naquele lugar, mais 1.

Adorar os Deuses

Para adorar, o jogador prende um dos seus dados em um espaço de adoração, indicado por um cadeado. Ali ele pode fazer sem custo, uma das ações. Para fazer as duas ações, o jogador precisa pagar um cacau. Caso as ações tenham um custo, ele deverá ser pago na hora. 

A primeira ação geralmente é ligada a subir em um templo, a segunda é pegar a ficha de descoberta indicada. Ao fazer a ação de adoração, o trabalhador do jogador fica bloqueado.

Executar uma ação principal

Para executar uma ação principal, se houver algum outro dado ali, o jogador precisa pagar o custo em cacau. Ele é igual ao número das cores de dados que estejam naquele espaço antes do dado entrar. Caso não tenha nenhum dado ali, não existe custo.

Teotihuacan
Uma visão geral do tabuleiro

Espaços de ação principal

Existem 8 espaços numerados que oferecem ações. Cada um é descrito abaixo com o respectivo número.

Palácio (1)

Esse é o único lugar que não tem uma ação principal. Você precisa colocar nas fichas reais para fazer uma ação de adoração, ou coletar cacau.

Teotihuacan
No Palácio só existe a ação de adoração

Floresta (2), Pedreira (3), Depósito de Ouro (4)

São os lugares que provém recursos. Neles existe uma tabela que mostra o tipo de recurso que você adquire. Você receberá recursos, de acordo com o número de trabalhadores desbloqueados que você tem ali e o menor número entre eles. Ganhe a recompensa e depois melhore um dos trabalhadores que estão ali (aumentando em 1 o número dele). Em 1 ou 2 dados, você melhora somente 1. Com 3 dados, você pode melhorar até 2 vezes.

Teotihuacan
Teotihuacan
Teotihuacan
As ações de pegar recurso e espaço de adoração

Alquimia (5)

Escolha uma ficha de tecnologia e pague o custo respectivo e coloque ali um marcador seu. Se já houver ali um ou mais marcadores de outros jogadores, cada jogador que tinha o marcador ali, ganha 3 pontos.

Se você tiver apenas um dado de 1 a 3, só pode escolher as tecnologias da linha superior e melhorar 1 vez. Se você tiver um trabalhador 4 ou 5, pode escolher da linha de baixo, mas não pode executar a melhoria do dado.

Com 2 dados, você pode escolher uma das tecnologias de baixo e seguir o mesmo procedimento da linha superior.

Teotihuacan
As tecnologias durante uma partida

Nobres (6)

Você paga 2 madeiras para pegar o primeiro edifício disponível do lado esquerdo do tabuleiro principal. Em seguida, ele é colocado no espaço mais à esquerda em uma das fileiras de edifícios dos Nobres (6). Se for com um dado, só pode construir na primeira linha. Com 2 dados, na segunda e 3 na terceira. 

Caso uma das fileiras esteja cheia, não é possível construir nela, mas pode-se construir nas linhas anteriores. Ao construir uma casa, avance um espaço na trilha na Avenida dos Mortos. Depois melhore o seu dado. Em 1 ou 2 dados, você melhora somente 1. Com 3 dados, você pode melhorar até 2 vezes.

Teotihuacan
Pegue o edifício no tabuleiro, tampe o espaço e ganhe pontos de vitória.

Decorações (7)

Ao custo de 3 ouros você escolhe uma das 4 fichas de decoração disponíveis. Trabalhadores adicionais dão desconto de 1 de ouro por cada um. A ficha precisa ser colocada na pirâmide nos espaços centrais, começando da base. Para construir nos andares seguintes, é preciso que tenha uma peça de decoração no andar anterior. A seta da peça, deve estar apontando para dentro da pirâmide.

Cada peça colocada dá 3 pontos de vitória. Para cada ícone coberto que seja igual ao da ficha de decoração, ganhe 1 ponto extra. Se o item for colorido, avance um espaço no respectivo templo. Por fim, avance um espaço na trilha da pirâmide. Por fim, melhore os seus trabalhadores, conforme indicado.

Teotihuacan
Algumas decorações disponíveis


Construção (8)

Construa peças de pirâmides de acordo com o número de trabalhadores que você tem no tabuleiro de ação. Pague o custo respectivo de acordo com o andar e coloque na pirâmide. No primeiro andar, cada peça dá 1 ponto, no segundo 3, no terceiro 5 e no último 7. Além disso, cada símbolo igual coberto, dá um ponto e se for colorido, sobe na trilha correspondente. Para ser construído em um nível superior, a peça precisa ser colocada no encontro de 4 peças do nível inferior.

O jogador que fez a ação, também avança na trilha da pirâmide, um número de vezes igual a quantidade de peças colocadas. Melhore os seus trabalhadores como indicado.

Essa é uma ação que pode acelerar o final de jogo, pois se o quarto andar é construído, o marcador branco vai direto para o preto e acontece o eclipse final do jogo.

Teotihuacan
Algumas decorações disponíveis

Ascensão

Sempre que um trabalhador evolui para o número 6, acontece a ascensão. Em seguida, você avança um espaço na trilha da Avenida dos Mortos, mova o seu trabalhador para o Palácio (1), com o poder 1 e escolha uma das recompensas. 

Pode ser marcar 5 pontos de vitória, ganhar 5 cacaus, avançar em um dos templos, pagar 3 cacaus para avançar dois degraus nos templos. Se você tiver apenas 3 trabalhadores, ganhe seu 4º trabalhador com poder 3 e coloque-o no Palácio (1). Além disso, ganhe

2 cacaus. 

Por fim, avance o disco claro um espaço na trilha do calendário, o que pode desencadear um Eclipse.

Os Templos

Ao avançar em um dos três templos, mova seu marcador um degrau acima e receba a recompensa do lugar. Se for menor, receba o que está impresso no tabuleiro, se for um degrau maior, você pode receber uma das fichas de descoberta ou a do degrau.

Se for o penúltimo degrau, nada acontece, você desbloqueia a condição de pontuação de final de jogo. Você só pode ir ali se não houver outro jogador. Se for o último degrau, receba a recompensa exibida. Somente um jogador recebe a recompensa do último degrau. O templo azul em geral fornece recursos, o vermelho pontos e o verde cacau.

Teotihuacan
Os templos podem dar recursos, cacau e pontos

Eclipse 

Sermpre que o marcador claro encontrar o marcador escuro, acontece um Eclipse. Se isso acontecer no turno do último jogador, jogue uma nova rodada completa e realize a pontuação. 

Se isso acontecer no turno de outro jogador, a rodada atual se encerra e acontece uma nova rodada, antes de acontecer a pontuação.

 Teotihuacan
O marcador de Eclipse, a Avenida dos Mortos e as ações de ascensão

Pontuação do Eclipse

A pontuação acontece em etapas. Primeiro, cada jogador marca pontos de acordo com o menor número visível na linha de edifícios no tabuleiro principal. Esse valor é multiplicado pela quantidade de espaços avançados na Avenida dos Mortos.

O jogador que mais avançou na trilha da pirâmide, ganha 4 pontos. No caso de empate, todos ganham. Para cada espaço que avançou na trilha da pirâmide ganha pontos, de acordo com ao Eclipse. No primeiro 4, no segundo 3 e no último 2. Todos os marcadores voltam ao início da trilha.

Em seguida, acontece a pontuação por máscaras diferentes. De acordo com o número de máscaras, o jogador recebe pontos, de acordo com o indicado no tabuleiro. Para um conjunto de 1/2/3/4/5/6/7 máscaras, marque 1/3/6/10/15/21/28 pontos de vitória.

Os jogadores pagam o salário de cada trabalhador, sendo 1 cacau por trabalhador e 1 adicional para trabalhadores com poder 4 ou 5. Cada cacau que o jogador não quiser ou

não puder pagar, faz ele perder 3 pontos de vitória. 

No primeiro e no segundo Eclipse, retorne o disco claro na posição inicial e avance o disco escuro um espaço.

Teotihuacan
Um jogo bom e bonito

Fim de jogo e pontuação

Na pontuação do terceiro Eclipse ou se ocorrer um Eclipse acionado pela colocação da peça final da pirâmide, existe uma pontuação extra. Cada jogador que desbloqueou fichas de bônus do templo pontua essas fichas. Depois disso, o jogo acaba e o jogador que tiver mais pontos, vence o jogo.

Considerações

Teotihuacan é um jogo muito elegante e bem desenvolvido. Ele trabalha a alocação de dados de uma forma integrada a um rondel com set collection e muita estratégia. É um board que reúne diversas mecânicas bem combinadas e com uma boa parte de tema.

Cada ação precisa ser bem calculada, pois uma rodada não maximizada, abre a oportunidade para os outros jogadores abrirem uma boa distância. Nas partidas que joguei, as pontuações ficaram bem próximas e houve a possibilidade de todos vencerem o jogo, ou chegar perto disso.

Como é um jogo de salada de pontos, você precisa focar em algumas coisas a sua pontuação e tentar maximizar o que você faz. Não dá pra fazer tudo bem, mas você pode pontuar bem em algumas áreas, enquanto só faz pontos complementares em outras.

A construção do templo e a decoração é algo que dá muitos pontos, pois você pontua na hora que constrói, tem bônus e ainda recebe pontos no final de cada Eclipse. Algumas tecnologias podem lhe ajudar a maximizar e pontuar ainda mais.

A Avenida dos mortos também dá bons pontos, assim como as máscaras e as trilhas de templo. Tudo vai depender de como você vai conseguir extrair o máximo de pontos com os recursos que têm durante as rodadas.

Conclusão

Apesar de não ter um tema profundamente implantado nas mecânicas, você se sente construindo um templo, passando pelos lugares e disputando as melhores ações. Gosto das mecânicas e como elas funcionam e intercambiam entre si. A forma como o designer conseguiu agregar tudo de uma forma balanceada, é uma obra de arte. 

O jogo tem também uma certa punição, o que deixa o jogo mais coberta curta e difícil, não dá pra pensar somente na pontuação. Tem que pensar nos custos a serem pagos a cada eclipse e nas ações. O cacau é um recurso não tão difícil de pegar, mas às vezes pode ser custoso.

A produção do jogo também é algo que chama a atenção, pois os componentes são de altíssima qualidade. A arte agrada e apesar do tabuleiro ser um pouco poluído, na mesa fica lindão.

O que eu senti falta no jogo, é algo que sei que já vai ter na expansão, Teotihuacan: Late Preclassic Period: poderes variáveis. Se cada jogador possuir ações e poderes diferentes deve ficar um jogo ainda mais completo, além de acrescentar uma boa rejogabilidade e maior variação das estratégias.

Se você gosta da escola italiana de board games e ainda não jogou Teotihuacan, está marcando toca. Com certeza já figura entre os 10 melhores jogos desses autores.

O que gostei em Teotihuacan: City Of Gods

  • Mecânicas;
  • Produção;
  • Arte;
  • Tema.

O que não gostei em Teotihuacan: City Of Gods

  • Falta de poderes variáveis.

Indicado para

Fãs de jogos da escola italiana, jogos de alocação de dados e jogos de construção de cidade.

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor

Publicitário, viciado em jogos de miniaturas, sonha em trocar todos os seus bens por personagens raros de Zombicide.



Voltar ao Topo ↑