RPG Dracula Dossier

Publicado em abril 19th, 2017 | por Rafa Almeida

The Dracula Dossier: um jogo de espionagem

Antes de falar sobre The Dracula Dossier, é preciso lembrar que os vampiros devem muito ao Drácula de Bram Stoker. Ele abrangia tudo o que definiria a ficção sobre vampiros modernos, até as cruzes e o alho, como clichês da cultura pop. Portanto, não é nenhuma surpresa que quase todas as séries e filmes de vampiros – de Vampiro: A Máscara, à Buffy: A Caça-Vampiros, tenham que enfrentar o Drácula em seus mundos.

The Dracula Dossier da Pelgrane Press (Pelgrane Jornalismo), boletim especialista em espionagem de mortos-vivos, é uma campanha épica e colaborativa para Night’s Black Agents, talvez a mais épica e incrível de todas elas. Ele traz um dos mais poderosos vampiros de todos os tempos no mundo de uma forma diferente.. Ao invés de simplesmente fazer de Drácula um vilão de James Bond, The Drácula Dossier faz algo verdadeiramente único. Ele coloca o romance de Stoker no cerne da experiência cravada no coração de todos os jogadores. O jogo teve um financiamento coletivo de sucesso no Kickstarter e ainda levou algumas medalhas no Ennie 2016.

the-blac-archive-all-rolled-up-directors-handbook-dracula-dossier

Tudo na mão, agora é hora da ação

A história

Em 1893, o agente britânico Jonathan Harker viajou para a Transilvânia com uma única missão: recrutar um vampiro nas fileiras sagradas da Inteligência Britânica. Mas o Conde Drácula provou não ser um adversário fraco: ele tinha sua própria rede de inteligência com o objetivo final de governar a Inglaterra.

Foi somente com os esforços combinados de Van Helsing, Harkers e seus amigos que os planos de Drácula foram arrasados, com uma estaca no meio do coração. Quando o agente Bram Stoker compilou um relatório após a ação, a agência de inteligência de vampiros da Inglaterra, Edom, editou informações e publicou para semear desinformações sobre o desastre.

Mas há um problema: Drácula sobreviveu. Voltando no auge da Segunda Guerra Mundial, este senhor vampiro retomou sua operação de inteligência exatamente onde ele tinha deixado. Sim, conquistando território através de grupos de inteligência e organizações criminosas. Existe um Dossiê, em que todos os agentes incluíram nele seus relatórios pessoais da missão e outras informações adicionais.

Agora estamos em 2015. O Dossiê de Drácula ainda não editado de Bram Stroker está em seu controle. Ele contém pistas sobre as operações de Drácula e Edom. Com seus colegas agentes freelancers, você pode finalmente ter sucesso onde Van Helsing falhou. Mas quanto mais fundo você vai, mais Edom se torna consciente de sua investigação. E mais perigoso fica, é claro.

O jogo

Para se jogar é preciso dois livros: O Dossiê (que ficará com os jogadores e o Director’s Handbook para o mestre. No início,  os jogadores recebem o livro Drácula Unredacted (não revisado), uma edição de “primeiro rascunho” do Dossiê com as notas de outros investigadores. Esse livro de 476 páginas é o “Livro do Jogador” mais impressionante que já vi. Ele combina o romance original de Drácula, configurações e personagens de esboço real de Stoker e conteúdo original por Kenneth Hite e Gareth Ryder-Hanrahan. Mesmo se você nunca jogar a campanha real, você encontrará uma história fantástica no livro. Na verdade são quatro, se você contar as notas de margem detalhando eventos em todo o século XX.

Fora das sessões de jogo os jogadores vão implorar para pegar o Dossiê emprestado. Esse romance transforma The Dracula Dossier em uma campanha de sandbox. Cada anotação não é para ser mostrada, pois existem referências correspondentes no Director’s Handbook (livro do mestre) para auxiliar a investigação. Você encontrará notas sobre agentes da CIA ainda vivos e informantes russos. Haverá dicas que levam às casas seguras de Drácula e às bases secretas de Edom.

Você vai descobrir as histórias secretas de personagens como Mina Harker, Van Helsing, ou Renfield, qualquer um dos quais ainda poderiam estar vivos. Finalmente, você vai juntar as coordenadas para o castelo de Drácula para um confronto final. Tudo isso, supondo que você pesquisou adequadamente como matar o Conde para o seu próprio bem.

ZZ_Spread-pages-186_187-Carfax1

Amostra das páginas do livro

Muito conteúdo em The Dracula Dossier

Bem, é claro que The Dracula Dossier tem muito mais conteúdo do que uma única campanha poderia cobrir. E esse é o ponto. The Dracula Dossier, oferece dezenas de histórias em potencial. Um NPC pode ser a causa uma campanha inteira de um vampiro, ou um bem de Edom no próximo. Um antigo asilo mental poderia ser uma ruína abandonada, ou uma prisão onde os fazem experimentos científicos em vampiros. Mesmo os poderes de Drácula podem variar enormemente, do vampiro condenado tradicional a um monstro Lovecraftniano. Enquanto você está se aproximando de um confronto final com o próprio Drácula, tudo está seguindo de acordo com o plano.

Pontos positivos e negativos

Essa liberdade é o maior ponto positivo de The Dracula Dossier e também o ponto mais negativo. Poucas campanhas realmente permitem qualquer encontro que desbloqueie uma pista significativa. A maioria das pistas levam a novas e novas aventuras criando um loop na perseguição ao Drácula. Mas não se engane. Mesmo com os recursos extensos do Director’s Handbook, o mestre tem uma tarefa gigantesca diante a condução da aventura e para lidar com os desafios.

The Dracula Dossier não é uma campanha fixa, mas o quadro para a montagem de uma campanha fixa. Então, até que você saiba quais pistas seu grupo pretende seguir, a quantidade de preparação que você pode fazer é limitada na melhor das hipóteses. Mas essa preparação pode crescer, caso o grupo não consiga seguir um caminho pré-determinado ou mude facilmente de ideia.

Digamos que seu grupo está interessado em uma anotação sobre um agente aposentado do KGB. A menos que seu mestre conheça o Director’s Handbook muito bem, eles terão que reler toda as anotações do agente do KGB. Em seguida, refrescar a memória na linha de tempo da Guerra Fria do Dossiê, escolher laços com Drácula ou Edom e adicionar algumas peculiaridades de caráter interessante.

Como mestre pela primeira vez em The Dracula Dossier, tivemos alguns momentos em que o jogo ficou em stand by. Eu levei de três a cinco minutos procurando informações relevantes no Manual. Todos os jogadores podem aprender com o interrogatório de NPC. Então, depois de meia hora você estará iniciando o processo novamente, porém dessa vez com esse novo NPC como alvo da investigação dos jogadores.

the Dracula Dossier

Agora a parada tá ficando séria

Um trabalho fantástico

Em resumo, a Pelgrane fez um trabalho tão fantástico para tornar tudo flexível, para ter sempre um jogo aberto e totalmente não limitado, que ela ficou sem uma espinha dorsal para se basear, e segurar os jogadores. Quando as coisas finalmente se desenham, pode ser que os jogadores já cansaram de rodar e rodar e ir atrás das pistas centrais do Drácula.

Agora isso não faz de The Dracula Dossier menos divertido. É um recurso espetacular que realmente gera aventuras memoráveis. Nas minhas próprias sessões, os jogadores encontraram-se em tiroteios, participaram em perseguições de carros e, acidentalmente, tropeçaram numa reunião com o Drácula sem nenhuma preparação da minha parte. Mas até mesmo o jogo mais improvisado requer familiaridade sólida com a campanha e preparação do mestre. Felizmente, o jogo é altamente rejogável. Se você precisar dar um boot e iniciar novamente a campanha você pode começar uma nova aventura ou investigação. Partindo do mesmo ponto, mas que se desdobra de forma diferente.

Como assim, sem dados?

O sistema em si, não tem dados ou esquemas. Os jogadores são os investigadores, o jogo é totalmente narrativo e dedutivo. As ideias e investigações desdobram e vão evoluindo de acordo com as campanhas e aventuras. Lembrando que o objetivo dos investigadores é destruir o conde do mal, lorde Drácula.

Se você curte romances, e gosta das histórias da máscara, vale muito a pena. Mas lembre-se de estar bem preparado, ou incentivar o mestre de suas aventuras a se preparar bem. Devido ao número de possibilidades e informação, pode ser que a aventura freie e o clima que estava sendo gerado caia por terra.

No mais, lembre-se de pegar estacas, alho, água benta e um chaveiro em formato de cruz. Se arrisque a enfrentar Drácula, Edom e toda sua rede de informação e espionagem. É legal ter essa perspectiva. Primeiro porque as guerras entre caçadores e vampiros sempre culminam em perseguições, guerras, poder de fogo, e toda essa ação. Ninguém nunca imaginou uma guerra fria, uma guerra de informação, entre os vampiros e os mortais. Essa perspectiva é fantástica! Sem contar que o livro conta com uma arte fantástica, personagens reais de Stoke e todo o romance incluso. Corra antes que o Dossiê se perca ou caia nas mãos dos inimigos e o rastro do Drácula se perca eternamente.

Não esqueçam de curtir nossa página e nos seguir em nossas redes sociais. Isso nos ajuda muito. De quebra você sempre fica sabendo de tudo primeiro e recebe muito conteúdo.

Um sucesso decisivo a todos, e boa caça!

Tags: , , , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Voltar ao Topo ↑