Vídeos

Publicado em junho 30th, 2017 | por Tábula Quadrada

0

The Manhattan Project: Como Jogar, Gameplay e Review

Seja a nação com mais poder bélico no mundo e sagre-se vencedor em The Manhattan Project. Esse jogo de Brandon Tibbetts utiliza as mecânicas de seleção de cartas e alocação de trabalhadores de uma forma bem divertida. Além de altamente temático, ele é um jogo envolvente e vai te fazer jogar mais vezes.

Nos vídeos de hoje, aprenda como jogar esse jogo lançado aqui no Brasil pela Pensamento Coletivo. Em seguida acompanhe o nosso gameplay com 4 jogadores: Renato J. Lopes, Francis Weslen, Douglas Leonel e Rogério Refundini disputam para ver qual será a mais poderosa nação. Pra finalizar, confira nossas considerações finais sobre esse divertido jogo.

Como Jogar: The Manhattan Project

Gameplay: The Manhattan Project

Considerações Finais: The Manhattan Project

Deixe nos comentários o que achou dos nossos vídeos. Também deixe sua sugestão de qual jogo deveria ser nosso próximo vídeo. Confira também o nosso review escrito sobre o jogo, clicando aqui.

 

Sinopse The Manhattan Project

O mundo está em plena corrida armamentista e sua nação quer ser a primeira e ter um poderio bélico invejável por todo o resto do mundo. Treine seus agentes, desenvolva bombas e colete recursos. Com isso, seu país estará entre as maiores forças militares do mundo nesse jogo.

The Manhattan Project é um jogo de alocação de trabalhadores e seleção de cartas, em que o seu objetivo é alcançar um determinado número de pontos. Para uma partida com 2 jogadores: 70 pontos, para 3 Jogadores: 60 pontos, 4: 50 pontos e 5: 45 pontos. Os pontos são conquistados por cartas de bomba construídas, bombas carregadas e marcadores de teste de implosão.

Ele tem sorte baixa e os jogadores competem para construir e operar o programa da bomba atômica mais eficaz.
Um dos diferenciais é a ação de espionagem. Ela permite a um jogador ativar e bloquear o edifício de um oponente, o que representa roubo de tecnologia e sabotagem.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Sobre o Autor



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo ↑